Archive | August 2014

Eu Te Amo

b159c9e803fbb9eeb95be14f284364be55689a191710889
Eu te amo
No amanhecer de cada dia
E antes de cada anoitecer
Na solidão o fogo inflama
Detém o pranto em minha face
Eu te amo
Quando vejo as nuvens no infinito
Quando observo os sinais do tempo
Quando me desperta e ampara
Em cada pingo de lágrima
Eu te amo
Na luz dos teus olhos
No sorriso que achegas a mim
Este coração dormente tu aquece
Cansado adormeço em teus braços
Eu te amo
O meu amor guardou para ti
Sentimento em delícia. Te amo.
Em secreto tens meu coração
De paixão deleita minha alma

Ma Socorro

Eu escolhi Você

21bac84010117105009f3d7b4da06feb55689c180239965
Eu escolhi você
Para pronunciar com desejo: Eu te Amo!
Para unir nossas almas neste enlace
Para sem medo viver este sonho
Para dizer o quanto te quero
Para sentir o aconchego do amor
Para ser notório o amor que sinto
Eu escolhi você
Para viver todos os dias esta paixão
Para ti entregar meu coração
Para ser a flor do álamo, significa que
Sentimentos profundos são sentidos
Minha alma apaixonada sempre te ama
Tu és o suficiente em minha vida
Eu te amo tanto assim… Te amo!

Ma Socorro

Fantástico Boreal

10398086_599488983492424_1191617111919721769_n
Balbuciei ao vento:
“Leve para além mar um beijo singelo”
Minucioso fio do coração
Magia sonho e esperança
O meu amor pelas minhas veias
Arrebatando o meu íntimo
Um querer sem fim
Jurei sempre te amar
Para celebrar os momentos ímpar
Olhei a suavidade do luar
O brilho de almas difusas
Em tuas teias senti ao vivo
Teu dom de amar
Vi harmonia na estrela maior
Bela deleita o prazer
Com carinho celebra a beleza
Há amor em cada raio
Seduz a doce paixão
O fantástico boreal
Miragem ou essência da vida
Tem a tua galáxia

Ma Socorro

A Sombra do Amor I

7-4
Lentamente
Caminha na penumbra
Na garoa em estreita vereda
O vento frio bate em silêncio
Sente sozinho o coração
Na penumbra na sombra
Os olhos já não brilham
Não há encanto lunar
Vela no crepúsculo
A sombra do amor
Na penumbra na sombra
Deriva o amor à distância
Apelo ao afago sempre negado
Estremece todo o corpo gelado
Geme ao anoitecer em lamento
A sombra do amor

Ma Socorro